Time da Série A1 retorna aos treinamentos “por debaixo dos panos”

Após o Red Bull Bragantino, o Oeste também retomou suas atividades coletivas antes do que havia sido acertado pelos clubes. Mas diferente da equipe de Bragança Paulista, que fez isso após receber autorização da prefeitura, o Rubrão não fez muita questão de revelar e os atletas sequer usavam uniformes. Time teve três casos de Covid-19 confirmados.

Quem trouxe a informação foi o portal Globoesporte.com, que noticiou que todos os dias atletas como goleiro Caíque França, ex-Corinthians, atacante João Paulo e o zagueiro Renan Fonseca participam de treinamentos usando roupas comuns.

O fato contraria orientações do governo municipal e estadual, além de quebrar um acordo que foi feito entre os clubes da A1, dos quais todos retornariam suas atividades juntos.

O Oeste foi procurado pela reportagem do GE para esclarecer os fatos, mas não quis se manifestar sobre o assunto.

Justificativa

A prefeitura de Barueri também foi procurada e em nota disse que a volta dos treinamentos será autorizada após liberação dos órgãos de saúde e negou que o time estivesse treinando.

Ainda de acordo com a nota, o clube havia informado que alguns atletas, que estão morando na cidade, praticavam seus treinos na rua e pediram a liberação do CT, sem o uso dos vestiários, bolas, uniforme ou gerar aglomerações.

Também foi informado que os jogadores fazem testes uma vez por semana e que não estão impedidos de adentrarem as dependências do centro de treinamento nos outros dias, desde que sejam seguindo os protocolos de segurança e em pequenos grupos alternados.

Três casos confirmados

Uma rodada de testes realizados pelo time revelou três casos positivos de Covid-19 no elenco, porém não foi revelado se se tratavam de atletas ou funcionários de outros setores. Nesta semana foi feita uma nova rodada de testes que desta vez não acusou nenhum caso.

De acordo com o último boletim divulgado pela secretaria de saúde da cidade, Barueri tinha cerca de 1300 e o número de mortos já havia ultrapassado 130.

Veja nota da prefeitura de Barueri

“Não procede a informação de que o Oeste FC está treinando normalmente no CT de Barueri, fato que está condicionado à liberação dos órgãos de saúde pública e autorização da Prefeitura e FPF.

O clube tem ciência disso, mas será notificado formalmente pela Prefeitura. Consultada, a diretoria do Oeste esclareceu que alguns atletas, moradores de apartamentos em Barueri, estavam treinando na rua e solicitaram utilizar o CT para treinamento pessoal e individual, sem usar vestiário, uniforme, bola e sem aglomeração.

Os atletas vão pelo menos uma vez por semana ao CT para fazer o teste de COVID e nos outros dias não estão impedidos de acessarem as dependências do CT, desde que sejam em grupos alternados em no máximo quatro pessoas, seguindo todos os protocolos médicos e de segurança sanitária”.