Presidente de time da Série A2 pede que não haja rebaixamento neste ano

A Federação Paulista já manifestou que seus campeonatos serão decididos dentro de campo e que nenhum time das divisões inferiores subirá na canetada. No entanto, o presidente do Votuporanguense, último colocado da Série A2, pedirá que ninguém seja rebaixado neste ano.

Em entrevista concedida à TV Tem, Marcelo Stringari disse que na próxima reunião entre os clubes e a Federação fará novamente este pedido e caso não obtenha sucesso, usará o fair play financeiro para tentar permanecer na divisão. Se mostrando contrário ao retorno da competição, ele disse que apesar da situação ruim na tabela, o Votuporanguense mantém seus compromissos em dia.

“Se não pode mudar o regulamento, a gente tem que buscar uma forma de equilibrar a competição porque estamos na zona de rebaixamento. Os clubes que estão disputando a competição não têm culpa da nossa campanha, mas a gente cumpre com nossas obrigações e vamos pleitear os nossos direitos”, falou. “Se tiver que terminar o campeonato, nós vamos terminar, mas a gente é contra a volta”, seguiu.

Stringari revelou ainda que o clube conta com apenas cinco jogadores remanescente que ficaram durante a parada do futebol e. Se o torneio voltar, ele terá que tentar um acordo com os demais para que eles voltem para encerrar a competição.

Restando três rodadas para o fim da primeira fase, o Votuporanguense é o último colocado com apenas nove pontos, está apenas um ponto atrás do Red Bull Brasil, primeira equipe fora da zona da degola.